06/08/2019 às 17h41min - Atualizada em 06/08/2019 às 22h33min

Feira in-cosmetics 2019 conecta a América Latina com a força do mercado asiático

O pool de expositores deste ano terá mais de 25 fabricantes de matérias-primas da China, Japão, Coreia do Sul e Índia, países que estão no Top 10 do consumo mundial

DINO
http://latinamerica.in-cosmetics.com/pt-br
Foto feira

Para que a indústria de cuidados pessoais da América Latina consiga desenvolver produtos específicos para as necessidades e características da região é preciso contato com o que os principais mercados do mundo apresentam de mais inovador em matérias-primas. Esta conexão é uma das principais características da feira in-cosmetics Latin America, que na edição deste ano terá uma representação expressiva da Ásia com mais de 25 expositores de países como China, Japão, Coreia do Sul, Índia e Cingapura.

Esta informação é importante para o visitante da feira porque boa parte destes países está no Top 10 de maiores consumidores do mundo.  E quanto maior o consumo, maior o número de soluções. A China, por exemplo, é a segunda no ranking global, movimentando US$ 62 bilhões em 2018 (Euromonitor). Japão vem em terceiro, com US$ 37, 5 bilhões; Índia em oitavo, com US$ 14,1 bilhões; e Coreia do Sul em nono, com 13,5%. A presença de expositores destes países pode ser traduzida como uma oportunidade única de contato com ingredientes e tecnologias revolucionárias em teste ou já consagradas nestas regiões.

 América Latina X Ásia

A importância do mercado asiático para a América Latina pode ser medida pelo Brasil, que responde por 48,6% dos negócios em cuidados pessoais no bloco. De acordo com dados da agência Euromonitor, a China foi a quarta maior importadora de produtos para o país em 2018, totalizando US$ 84,4 milhões. A Índia foi a sétima, com US$ 23,5 milhões.

“O continente asiático é uma das maiores potências em cosméticos da atualidade. Tanto que o Grupo in-cosmetics tem duas feiras naquela região. Características como a grande diversidade étnica e o padrão de beleza ligado aos traços culturais são pontos essenciais para o desenvolvimento de produtos para a América Latina além como o já conhecido K-beauty. Temos certeza que o que estamos trazendo será benéfico para os profissionais técnicos tanto em visão de produtos como possibilidades de negócios”, explica Daniel Zanetti, diretor da feira.

Características

Para quem não sabe, K-Beauty é o termo usado para definir a febre dos cosméticos da Coreia, assim como o K-Pop é para a música. Lá, de acordo com a Mintel, as empresas se concentram mais em cuidados com a pele, das máscaras às bases cushions. 

O skincare também é o grande forte da China. Hidratantes e limpadores faciais estão entre os produtos mais populares. É possível destacar o crescimento dos cosmocêuticos, produtos cosméticos com princípios farmacêuticos; das linhas esportivas, com propriedades de inibição de odor e antibactericidas; dos produtos com foco no crescente mercado masculino e uma forte preferência por itens que utilizam ingredientes naturais na composição.

Um evento plural

Além do mercado asiático, a in-cosmetics Latin America terá fornecedores de países como Alemanha, Argentia, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Reino Unido, Suíça e, claro, do anfitrião Brasil. Os representantes estarão divididos em fabricantes, distribuidores, prestadores de serviços, fornecedores de softwares e especializados em teste e pesquisa. Veja a lista completa em: https://bit.ly/30ExM1n

Serviço

in-cosmetics Latin America 2019

Data: 18 e 19 de setembro de 2019, das 10h às 19h

Local: Expo Center Norte – Pavilhão Azul, São Paulo – Brasil

Credenciamento gratuito até dia 17 de setembro: https://bit.ly/2vXJVBg

Informações sobre a programação: http://latinamerica.in-cosmetics.com/pt-br



Website: http://latinamerica.in-cosmetics.com/pt-br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você se sente incomodado por ligações de telemarketing?

50.0%
24.3%
22.8%
2.9%